Aviação Comercial, Indústria

Airbus prevê que a frota mundial de aviões de passageiros duplicará nos próximos 20 anos

A frota mundial de aviões de passageiros atingirá a marca de 48.000 unidades nos próximos 20 anos, mais que o dobro da frota atual, e o tráfego crescerá a uma taxa anual de 4,4%, o que impulsará a demanda de 37.390 novos aviões de passageiros e cargueiros em todo o mundo no período de 2018 a 2037, segundo a nova Previsão Global do Mercado, da Airbus.
Entre os motores deste crescimento se encontram a multiplicação por 2,4 do consumo privado nas economias emergentes, a maior renda disponível e a quase duplicação das classes médias em todo o mundo. Mais de 60% do crescimento econômico virá dos países emergentes, países nos quais o número de viagens por pessoa se multiplicará por 2,5. A escala crescente do transporte aéreo, combinada com modelos de negócio aéreo em constante evolução e liberalização, provocará uma crescente resistência a desacelerações regionais.
Dos 37.390 novos aviões dessa demanda, 26.540 cobrirão a necessidade de crescimento e 10.850 substituirão aviões de gerações anteriores e menos eficientes no consumo. O crescimento até os 48.000 aviões, mais que o dobro da frota mundial, implica a necessidade de 540.000 novos pilotos.