Airlines, Aviação Comercial, Destaque, Indústria

S7 Airlines da Rússia entra para a família dos operadores de E-Jets 

Poucas semanas depois de receber as certificações de tipo das autoridades russas para os jatos E170 e o E175, a Embraer anuncia que a S7 Airlines será o próximo operador do E170 no país. A companhia aérea assinou um acordo com a GE Capital Aviation Services (GECAS) para arrendar dezessete E170 usados, para não afetar a lista de pedidos pendentes da Embraer. A companhia aérea começará a receber o avião na primeira metade de 2017.

“Mais uma vez, a GECAS se une à Embraer para oferecer aviões ao mercado russo”, declarou Arjan Meijer, Diretor Comercial da Embraer Commercial Aviation. “Damos as boas-vindas à S7 Airlines à crescente família de operadores de E-Jets. Estamos felizes de ver o E170 sendo operado por uma das maiores companhias aéreas russas, dando-lhe apoio e alçando voo pela Rússia. A S7 é agora a operadora com a maior rede fora de Moscou, servindo os mercados regional e intrarregional.” “Os novos E170 vão dar-nos um impulso no desenvolvimento do transporte aéreo regional. Vemos este setor como extremamente potencial. Hoje, o transporte aéreo está concentrado em Moscou, e muitas vezes os passageiros das cidades dos Urais têm de voar para o Extremo Oriente russo fazendo conexão em Moscou. Os primeiros aviões da Embraer terão base no Aeroporto de Novosibirsk Tolmachevo, suficientemente bem localizado para servir como um terminal eficiente para outras regiões. O novo modelo de avião permitirá que lancemos voos de cidades pequenas e de difícil acesso, onde o uso de aviões de média distância é impossível”, declarou Vladimir Obyedkov, CEO da S7 Airlines.

“A incorporação do E170 na frota da S7 é o resultado da nossa análise detalhada das necessidades crescentes da companhia”, afirmou Alec Burger, Presidente & CEO da GECAS. “O E170 oferece aspectos econômicos de peso e é uma escolha certa para ajudar a S7 a servir os mercados russos.”

Os E-Jets já estão bem inseridos em vários países da região – Polônia, Finlândia e Bulgária – e nos países da CEI (Comunidade dos Estados Independentes), com os clientes da Embraer operando no Cazaquistão, Azerbaijão, Bielorrússia, Ucrânia e Moldávia. O E190 e o E195 foram certificados pela Rússia em 2012, e a Saratov Airlines voa com o E195 desde 2013. A Embraer é líder em fabricação de jatos comerciais de até 130 assentos. A empresa tem mais de 100 clientes pelo mundo operando aviões das famílias ERJ e E-Jet. Somente com o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.700 pedidos e mais de 1.300 entregas, redefinindo o conceito tradicional de avião regional mediante a atuação numa variedade de solicitações empresariais.