Aviação Comercial, Destaque

Os interesses da Azul apontariam em direção ao Uruguai  

embraer-195-da-azul-linhas-aereas

A Azul Linhas Aéreas estaria interessada em abrir uma filial no Uruguai, tentando, desta forma, por um lado, aproveitar a lacuna surgida no mercado pela recente suspensão das operações da companhia Alas Uruguay e, por outro, a infraestrutura existente no renovado Aeroporto de Carrasco, segundo indicam diversas fontes do setor.

Conforme o publicado no jornal “El Observador”, de Montevidéu, o presidente do Uruguai, Tabaré Vazquez, teria comparecido a uma reunião com o CEO e outros diretores da companhia aérea, juntamente com o chanceler uruguaio, Rodolfo Nin Novoa, o Ministro de Transporte e Obras Públicas, Víctor Rossi, e a Ministra do Turismo, Liliam Kechichian.

Ao longo do encontro, os diretores da Azul teriam manifestado sua intenção de estabelecer uma filial em Montevidéu, à qual destinariam entre seis e oito aeronaves, e teriam aproveitado a ocasião para pedir o apoio político necessário para agilizar os trâmites para a obtenção de licenças.