Aeroportos, Destaque

Movimentação de cargas tem alta de 300% no Aeroporto de Foz

Nos primeiros seis meses do ano, o complexo logístico paranaense soma 909,9 toneladas de cargas processadas, aumento de 296,4% em relação ao mesmo período de 2017

O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu/Cataratas (PR) registrou um aumento de 296,4% na movimentação de importações e exportações neste primeiro semestre de 2018, quando comparado com o mesmo período de 2017. Enquanto que nos primeiros seis meses deste ano foram movimentadas 909,9 toneladas, no ano passado foram registradas 229,6 toneladas.

O setor de exportações é responsável pelo maior volume (80,8% do total) de movimentação de cargas em Foz do Iguaçu, além de ter alcançado a maior variação, aumentando em quase seis vezes (511,3%) a tonelagem. Foram exportadas 735,1 toneladas nos seis meses iniciais de 2018, ante 120,2 toneladas no mesmo período do ano passado.

Já o seguimento de importações também registrou crescimento no Teca de Foz do Iguaçu, com 59,9%. Até junho deste ano, foram 174,8 toneladas de cargas importadas. No mesmo período de 2017, foram 109,3 toneladas.

Os principais volumes importados e exportados a partir do Teca paranaense são eletrônicos e peças de reposição de equipamentos agrícolas, industriais e de aeronaves. Esses produtos são exportados principalmente para Argentina, Paraguai, Chile, Peru e Estados Unidos e importados da China, Estados Unidos, Espanha e Alemanha.

Esse forte aumento na movimentação do Teca de Foz do Iguaçu se deve ao trabalho contínuo de toda a equipe responsável pela manutenção, captação e fidelização de clientes, visando sempre a qualidade dos serviços prestados. Desta forma, devido à agilidade da prestação de serviço, companhias aéreas transferiram seus processos de alfandegagem para o terminal paranaense. Aliado a isso, a retomada do crescimento da economia brasileira também contribui para o resultado positivo.

Características do Teca
Com área total de 2.555 m², o Teca do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu conta com 319 m² para cargas de importação, 411 m² para volumes de exportação e uma área de 1.035 m² para carga e descarga de caminhões.

O complexo logístico conta com uma infraestrutura moderna e variada para o processamento das cargas, contabilizando empilhadeiras com capacidades de 2,5 e 4 toneladas, aparelho de raios x para carga, câmara frigorificada com capacidade de 28 m³, balanças de capacidades variadas (500, 2.000 e 3.000 Kg), paleteiras manuais, entre outros. Além disso, é alfandegado, estando capacitado para operações de carga nacional, de importação e exportação; conta ainda com a presença da Receita Federal, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) e Polícia Federal.