Airlines, Aviação Comercial, Destaque, Indústria

Iran Air e Airbus fecham acordo histórico

Foto: A. Pecchi /Airbus

A Iran Air e a Airbus assinaram um contrato para o fornecimento de 100 aviões, ampliando um acordo inicial assinado em janeiro de 2016, em Paris. O contrato assinado por Farhad Parvaresh, Presidente e CEO da Iran Air, e Fabrice Bregier, Presidente e CEO da Airbus, contempla 46 aviões da família A320, 38 da família A330 e 16 aviões A350 XWB. As entregas começarão no início de 2017.

“Estou muito animado por termos chegado a este acordo que nos levará à próxima fase, decisiva, de entrega de novos aviões. Fico feliz que este novo ciclo de cooperação com a Airbus tenha se tornado realidade e que estejamos mais próximos da renovação da frota da Iran Air. A Iran Air considera este acordo um passo importante no sentido de ter uma forte presença internacional na aviação civil. Esperamos que o sucesso deste acordo mostre ao mundo que os objetivos comerciais do Irã e de seus parceiros serão alcançados mais facilmente por meio da cooperação e colaboração internacionais”, declarou o Presidente e CEO da Iran Air, Farhad Parvaresh.

“Este acordo é histórico não só porque prepara o caminho para que a Iran Air renove a sua frota”, afirmou Fabrice Bregier, Presidente e CEO da Airbus. “Nosso acordo total inclui o treinamento de pilotos, operações em aeroportos e gestão do tráfego aéreo, portanto o acordo é também um primeiro passo importante para a modernização, de um modo geral, do setor da aviação comercial no Irã”.

O contrato implica a necessidade de obtenção de licenças para produtos de exportação do Departamento de Controle sobre Bens Estrangeiros (OFAC na sigla inglesa) dos Estados Unidos, que foram concedidas em setembro e novembro de 2016. Essas licenças são necessárias para produtos que apresentem dez por cento ou mais de conteúdo tecnológico norte-americano. A Airbus atuou em estreita coordenação com as agências regulatórias da União Europeia, dos Estados Unidos e outras para garantir o entendimento e o total cumprimento do JCPOA (sigla inglesa para Plano Amplo de Ação Conjunta).  A Airbus continuará a atuar em plena conformidade com os requisitos das licenças do OFAC.

O acordo implementa o JCPOA e suas normas e orientações, além de incluir novos pedidos de aeronaves comerciais e um amplo pacote relacionado com a aviação civil.

Como principal fabricante de aeronaves do mundo, a Airbus oferece a gama mais abrangente de aviões de passageiros, que vão desde os de 100 aos de mais de 600 assentos. A Airbus conta com instalações de design e fabricação na França, Alemanha, Reino Unido e Espanha, e subsidiárias nos Estados Unidos, Índia, Japão e no Oriente Médio. Além disso, a Airbus fornece o mais alto padrão de atendimento ao cliente e treinamento por meio de uma rede internacional em expansão.