Destaque, Helicópteros, Indústria

Airbus Helicopters atinge metas de entrega e mantém liderança de mercado em 2016

A Airbus Helicopters entregou 418 helicópteros em 2016, um aumento de cinco por cento em relação a 2015, em um contexto de mercado desafiador. A empresa reforçou sua liderança no segmento de helicópteros civis e governamentais, mantendo sua posição no segmento militar.

Em 2016, foram registradas 188 encomendas de helicópteros mototurbinas, 163 pedidos de biturbinas leves (H135 / H145) e 23 para a família Super Puma. No final de 2016, a carteira de pedidos atingiu 766 helicópteros.

“Os diversos desafios enfrentados em 2016 aumentaram a nossa determinação em apoiar nossos clientes com um compromisso cada vez maior em relação à qualidade e segurança, alavancando o mais moderno portfólio de produtos e serviços”, disse Guillaume Faury, CEO da Airbus Helicopters. “Para a indústria de helicópteros como um todo, 2016 foi provavelmente o ano mais difícil da última década. Apesar deste ambiente desafiador, entregamos nossos objetivos operacionais e conseguimos por em prática o nosso plano de transformação “, acrescentou.

Os destaques de 2016 incluíram o sucesso de importantes campanhas militares para o H225M, que foi selecionado por Cingapura e Kuwait, assim como a família H135/H145 que foi selecionada no Reino Unido para treinamento militar. No ano passado também foram entregues os primeiros Panteras AS565 MBe em versão naval para o México e Indonésia e registrou-se o primeiro voo do NH90 Sea Lion para a Marinha Alemã.

No lado civil, o primeiro helicóptero biturbina médio H175 em configuração VIP entrou em serviço na Europa, enquanto a versão governamental começou a fazer seus testes de voo para a certificação, programada para 2017.

Um consórcio chinês assinou um pedido para 100 H135s a serem fabricados localmente nos próximos dez anos, expandindo também a atuação da Airbus Helicopters no país. Sobre o mesmo modelo, a certificação da versão equipada com Helionix também foi um marco no ano, concedida pela EASA em novembro.

Foto: P. Pigeyre

As atividades de testes de voo do H160 da próxima geração mantiveram um ritmo constante ao longo do ano, abrindo o caminho para a assinatura das primeiras encomendas em 2017.

Em números gerais, 2016 se encerra com a frota global de aproximadamente 12.000 helicópteros Airbus em serviço, com mais de 3.000 operadores em todo o mundo e a marca de 90 milhões de horas de voo. As aeronaves estão em operação em todos os segmentos, ajudando diariamente os clientes a salvarem vidas, protegerem pessoas e realizarem suas missões mais exigentes.