Aviação militar, Destaque, Indústria

AEL Sistemas leva produtos e serviços das áreas de defesa e segurança para feira internacional, no Rio de Janeiro

A AEL Sistemas participa da edição 2018 da Rio International Defense Exhibition (RIDEX) e da Mostra da Base Industrial de Defesa do Brasil (BID Brasil), que acontecem entre os dias 27 e 29 de junho, no Rio de Janeiro. A companhia irá apresentar seus produtos e serviços para as Forças Armadas, além de interagir com clientes em busca de soluções inovadoras que atendam as necessidades do mercado.

“Participar da RIDEX é uma oportunidade para demonstrarmos nossas capacidades e podermos, junto aos nossos clientes, entender e contribuir com os desafios e as necessidades de tecnologias militares para a área de defesa e segurança”, afirma Sergio Horta, presidente da AEL Sistemas.

O objetivo da AEL é demonstrar e reforçar a capacitação da indústria brasileira de desenvolvimento de tecnologia em sistemas eletrônicos militares e espaciais para defesa e segurança. Nesse sentido, a companhia irá expor equipamentos como o WAD (Wide Area Display), que é parte do cockpit de última geração do novo caça da Força Aérea Brasileira – Gripen – e a principal fonte visual para interação com o ambiente operacional e tático. O display panorâmico inteligente fornece informações do voo e da missão, bem como simbologias e imagens na cabine de piloto. Com elevadas dimensões e sofisticada interface homem-máquina (HMI, em inglês), o WAD aumenta a consciência situacional e permite melhor gerenciamento dos meios de combate.

Os visitantes da RIDEX também poderão conferir o Dominator™– mesmo sistema selecionado pelo Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil, em 2017 –, que é composto por diversos equipamentos e sensores, fornecendo uma ampla consciência situacional para os usuários, facilitando a tomada de decisões e aumentando a capacidade operacional do soldado. Um dos equipamentos que compõem a solução – que também será exibido na feira – é o Raptor, computador individual de alto desempenho com recursos de visualização, computação e comunicação, que permitem ao combatente ter uma imagem operacional comum em tempo real, inserindo e recebendo dados de missão compartilhados com outros combatentes durante todas as fases do combate.

A AEL Sistemas levará para a feira ainda o GATR (Guided Advanced Tactical Rocket), um sistema tático que, incorporado a um lançador de 68/70mm, torna-se uma munição guiada de alta precisão. O produto é projetado para melhorar a assertividade de engajamento em alvos estacionados ou em movimento com menores danos colaterais. Além disso, pode ser utilizado em missões ar-solo ou solo-solo, tanto em conflitos de baixa intensidade como em ambientes urbanos. Versátil, o GATR pode ser instalado em diversas plataformas.

Já o ANVIS/HUDTM (Advanced Night Vision System/ Head Up Display) permite que o piloto mantenha sua atenção no ambiente externo, uma vez que as principais informações de voo são projetadas em seu campo de visão, tanto durante o dia quanto a noite. A solução pode ser instalada em qualquer tipo de helicóptero, podendo se comunicar com outros sistemas da aeronave para adicionar mais capacidades ao sistema, tais como integração com armamentos inteligentes, sistemas eletro-ópticos etc. O ANVIS/HUD aumenta a segurança do voo e reduz a carga de trabalho do piloto ao eliminar a sua constante necessidade de alternar a visualização do ambiente externo e do painel de instrumentos do helicóptero.

A RIDEX foi criada com o objetivo de ressaltar como as forças armadas evoluíram nas áreas militares e civis, por meio da integração da indústria, com a atividade acadêmica e dos centros de pesquisa e desenvolvimento de tecnologia. Promovido e organizado pela EMGEPRON (Empresa Gerencial de Projetos Navais), o evento reúne profissionais das áreas de Defesa, Segurança e Offshore, além de contar com a presença de autoridades militares, representantes governamentais e executivos de várias empresas discutindo as oportunidades e desafios das indústrias desses segmentos.

A edição 2018 da RIDEX já conta com mais de 150 expositores e tem expectativa de 9 mil visitantes ao longo dos três dias de evento, quando serão realizados simpósios, palestras dinâmicas e, na área externa, demonstrações de lanchas, navios e aeronaves na Baía de Guanabara.