Airlines, Aviação Comercial, Destaque

A CANSO e a ALTA assinam o MoU para melhorar a segurança operacional na América Latina

Hoje, no Fórum ALTA Airline Leaders , a Civil Air Navigation Services Organization (CANSO) e a Associação da América Latina e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA) assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) com o objetivo de melhorar a eficiência operacional e aumentar a segurança aérea na aviação da América Latina e do Caribe através de uma cooperação ativa entre as linhas aéreas e os fornecedores de serviços de navegação aérea (ANSPs), facilitando a compreensão dos papeis e práticas de cada um e trocando informação.

Falando no Fórum da ALTA Airline Leadersna Cidade do Panamá, o Diretor Geral da CANSO, Jeff Poole, disse: “O aumento da demanda do transporte aéreo está impulsionando as economias da região, e é vital que a gestão do tráfego aéreo, as linhas aéreas e os aeroportos cooperem firmemente para dirigir este crescimento de forma segura e eficiente. As linhas aéreas e a ANSPs na América Latina e no Caribe já estão trabalhando bem juntos para implementar o PBN (performance-based navigation), tomada de decisões colaborativa, gestão de fluxo de tráfego aéreo (ATFM) e outras medidas para melhorar a eficiência e a capacidade do espaço aéreo. Este novo acordo consolidará ainda mais essa relação e estabelecerá um marco firme para aumentar a cooperação e a compreensão.”

Luis Felipe de Oliveira, Diretor Executivo da ALTA disse: “Segurança é a prioridade número um da ALTA. Acreditamos firmemente que a aviação é o grande motor para o desenvolvimento econômico e social da região, e por este motivo, continuamos nos associando com instituições como a CANSO para nos assegurar de oferecer para aqueles que servimos o meio de transporte mais seguro e eficiente, enquanto que impulsionamos outros setores econômicos que trazem prosperidade à região. Este acordo nos permitirá unir esforços para identificar as áreas de melhoria e dedicar nossos recursos para desenvolver soluções ao longo de toda a indústria.”

Para melhorar a segurança operacional, este acordo inclui: participação conjunta em iniciativas regionais para alcançar os objetivos de segurança operacional acordados; identificação de problemas que impactam a segurança operacional; e o uso de visitas a instalações de controle de tráfego aéreo, simuladores e voos de familiarização para melhorar o entendimento mútuo entre pilotos e controladores do tráfego aéreo.

Este acordo também permitirá a ambas organizações trabalhar conjunta e eficazmente dentro das iniciativas de segurança regional da Cúpula Panamericana de Segurança Operacional para alcançar os objetivos de segurança operacional estabelecidos pela Regional Aviation Safety Group – Pan America (RASG-PA). O principal objetivo será reduzir o risco de fatalidade para a Parte 121 u operações equivalentes em 50% para 2020 na América Latina e no Caribe.

Para melhorar a eficiência operacional, o acordo inclui: oficinas para a tomada de decisões de forma colaborativa para reduzir as atrasos; capacitação em gestão de fluxo do tráfego aéreo (ATFM) para garantir que a capacidade do espaço aéreo disponível seja utilizada eficientemente; e a cooperação para acomodar de forma segura drones e veículos aéreos nos tripulados (UAVs) no espaço aéreo da região.

Com respeito à mudança de informação, o acordo promove a Rede de Intercâmbio de Dados CANSO ATFM para as Américas (CADENA). Este advoga pelo uso da ATFM na região e permite às ANSPs e a outras partes interessadas na aviação compartilhar informação de segurança operacional através da página web do Sistema de Informação Operacional (OIS) da CADENA e uma conferência web semanal para discutir e combinar o fluxo de tráfego.

O Diretor Geral da CANSO Jeff Poole e o Diretor Executivo da ALTA Luis Felipe de Oliveira assinam o Memorando de Entendimento no Fórum da ALTA Airline Leaders focado na cooperação para melhorar a segurança operacional e melhorar a eficiência na aviação da América Latina e do Caribe.